Prisma Áudios Vídeos Fotos Eventos Notícias

Galeria de Presidentes


Marcos Leôncio Sousa Ribeiro - De Abr/2012 a Dez/2015


 Marcos Leôncio Ribeiro é o atual presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), eleito em abril de 2012 para gestão até dezembro de 2013 e reeleito em setembro de 2013 para gestão até dezembro de 2015.

Pós-graduando em Direito e Inteligência no combate ao crime organizado e terrorismo pela Universidade Católica de Brasília e bacharel em Direito pela Universidade Federal do Piauí.Delegado de Polícia Federal desde 2003, Ribeiro começou a carreira na Polícia Federal chefiando a Delegacia de Polícia de Imigração no Maranhão de 2003 a 2005. Em Brasília, atuou na Diretoria de Administração e Logística Policial de 2005 a 2007, foi professor na Academia Nacional de Polícia durante o mesmo período e assessor parlamentar da instituição entre 2008 e 2011. De 2010 a 2012 atuou como Conselheiro representante do segmento dos trabalhadores no Conasp (Conselho Nacional de Segurança Pública) junto ao Ministério da Justiça. Antes de ser eleito presidente da ADPF, foi diretor de Prerrogativas (2008-2010), de Assuntos Parlamentares (2011) e de Comunicação Social (2012) da entidade.

 


Bolivar Steinmetz - De Fev/2011 a Abr/2012


 Bacharel em Direito pelo Centro Universitário de Brasília (antigo Ceub), ingressou na Polícia Federal em novembro de 1961. Em 1976, formou-se como Delegado de Polícia Federal pela Academia Nacional de Polícia (ANP) vindo a exercer suas atividades na antiga Divisão de Polícia Marítima, Aérea e de Fronteiras (DPMAF) por onde aposentou-se em 1984. Após isso, assumiu como diretor na Divisão de Estrangeiros do Ministério da Justiça por um ano e seis meses. Steinmetz também exerceu funções como agente auxiliar, chefe da Polícia Federal de investigação, chefe da Polícia Marítima e, por último, subdelegado. Ingressou na ADPF em 2 de dezembro de 1976, sendo então nomeado como um dos sócio-fundadores da Entidade. Como presidente da ADPF, atuou durante cinco mandatos: de março de 1985 a março de 1987; de abril de 1995 a abril de 2004; e de fevereiro de 2011 a abril de 2012, este último como vice-presidente, respondendo pela presidência.

 


Reinaldo de Almeida Cesar Sobrinho - De Abr/2010 a Fev/2011


 Reinaldo de Almeida Cesar é bacharel em Direito pela Universidade Federal do Paraná. Ingressou na Policia Federal como delegado, em 1997 e está na ativa, posicionado na Classe Especial. Entre outras atividades, chefiou a Divisão de Cooperação Policial Internacional (Interpol) e foi instrutor de Policia Judiciária, na Academia da PF. Foi chefe da Assessoria Parlamentar da Policia Federal na gestão Agilio Monteiro Filho e atuou como porta-voz da Polícia Federal durante a gestão Armando Possa. Integrou o Gabinete de Crises da Presidência, no primeiro governo Lula e coordenou a missão de segurança prevista pela lei eleitoral, para o candidato do PSDB à presidência da República, nas eleições de 2006. Atuou como presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) de abril de 2010 até abril de 2012.

 


Sandro Torres Avelar - De Abr/2006 a Abr/2010


 Sandro Torres Avelar é bacharel em Direito pela Universidade de Brasília. Delegado de Polícia Federal desde 1999, já exerceu os cargos de diretor do Sistema Penitenciário Federal no Ministério da Justiça, delegado de combate ao crime organizado na Superintendência da Polícia Federal no Distrito Federal, coordenador-geral de Recrutamento e Seleção da Academia Nacional de Polícia, membro da Comissão da Reforma do Código de Processo Penal no Senado Federal, professor de direitos humanos na Academia Nacional de Polícia Federal, presidente da Fundação da Polícia Federal. Em abril de 2006, foi eleito presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) por dois mandatos e encerrou sua gestão em abril de 2010.

 


Edina Horta - De Abr/2004 a Abr/2006


 Edina Horta ingressou na Polícia Federal em 1972. Como seus principais cargos exercidos na PF estão chefe do Serviço de Avaliação do Ensino da Academia Nacional de Polícia (ANP); chefe do Serviço de Coordenação de Ensino da ANP; diretora de Ensino da ANP; diretora de Recrutamento e Seleção da ANP; diretora da ANP; professora e organizadora de diversos cursos realizados pela ANP, para integrantes do próprio Departamento de Polícia Federal (DPF) e de órgãos diversos da Administração Pública, inclusive do Superior de Polícia; chefe do Serviço de Repressão ao Contrabando e Descaminho; chefe do Serviço de Estudos e Legislação /COGER/DPF; diretora da Divisão de Correições; corregedora da SR/AL; chefe do Serviço de Polícia Marítima, Aérea e de Fronteiras na SR/AL; coordenadora Geral de Recursos Humanos do DPF. Exerceu a presidência da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) de abril de 2004 a abril de 2006.

 


Bolivar Steinmetz - De Abr/1995 a Abr/2004


 Bacharel em Direito pelo Centro Universitário de Brasília (antigo Ceub), ingressou na Polícia Federal em novembro de 1961. Em 1976, formou-se como Delegado de Polícia Federal pela Academia Nacional de Polícia (ANP) vindo a exercer suas atividades na antiga Divisão de Polícia Marítima, Aérea e de Fronteiras (DPMAF) por onde aposentou-se em 1984. Após isso, assumiu como diretor na Divisão de Estrangeiros do Ministério da Justiça por um ano e seis meses. Steinmetz também exerceu funções como agente auxiliar, chefe da Polícia Federal de investigação, chefe da Polícia Marítima e, por último, subdelegado. Ingressou na ADPF em 2 de dezembro de 1976, sendo então nomeado como um dos sócio-fundadores da Entidade. Como presidente da ADPF, atuou de março de 1985 a março de 1987 e de abril de 1995 a abril de 2004.

 


Vicente Chelotti - De Abr/1993 a Abr/1995


 Vicente Chelotti é bacharel em Direito pela Faculdade de Direito da cidade de Cruz Alta/RS. Ingressou no Departamento de Polícia Federal no concurso para agente da PF em 1972, quando era estudante de Direito pela Faculdade de Santa Maria. Seu primeiro posto foi exercido em Recife, onde chefiou o Serviço de Operações da DRE, em 1973. Exerceu os cargos de delegado executivo e de chefe do Serviço de Informações em Santa Maria/RS (1976). Prestou concurso para Delegado de Polícia Federal nos idos de 1979/1980. Após isso, em Brasília, integrou a segurança do então presidente João Batista Figueiredo. Atuou também como chefe do Serviço de Operações da Fazendária (1980), chefe do Serviço de Segurança de Dignitários (1980), chefe do Serviço de Polícia Fazendária na DPFAZ/CCP (1982-1984), serviu na Comissão de Planejamento de Controle de Contrabando do Ministério da Fazenda - COPLANC (1985), assumiu a Delegacia de Polícia Fazendária da Superintendência Regional do Distrito Federal (1988), assumiu a Coordenadoria Regional Policial (1988-1990), ocupou o cargo de Subsecretário de Segurança de Transportes do STJ (1991-1993). Atuou como presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) de abril de 1993 a abril de 1995.

 


Nascimento Alves Paulino - De Abr/1989 a Abr/1993


 Em breve este conteúdo será disponibilizado.
História sendo resgatada pelo Projeto Memória da ADPF.
Se quiser colaborar com informações e dados, entre em contato pelo adpf.comunicacao@gmail.com .

 

 

 

 

 


Jayme Rubstem - De Ago/1988 a Mar/1989


 Bacharel em Direito pela Faculdade Nacional de Direito da Universidade do Brasil, no Rio de Janeiro. Jayme Rubstem ingressou na Polícia Federal em 1960. Com a Segurança Pública brasileira, ele começou a conviver nos idos de 1947, após ser aprovado em um concurso público para o cargo de identificador ou datiloscopista (hoje papiloscopista), no Rio de Janeiro. Assumiu cargos como identificador do Departamento Federal de Segurança Pública (DFSP), escrivão, escrevente de polícia (no DFSP), inspetor adjunto, chefe adjunto na 1ª Delegacia da W3 e chefe na Delegacia do Núcleo Bandeirante, em Brasília, superintendente regional no Distrito Federal. Em 1968, foi nomeado diretor da Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho. Ingressou na ADPF em 3 de dezembro de 1976, sendo então nomeado como um dos sócio-fundadores da entidade. Como presidente da ADPF, atuou de agosto de 1988 a março de 1989.

 


Wilson Alfredo Perpétuo - De Mar/1987 a Ago/1988


 Em breve este conteúdo será disponibilizado.
História sendo resgatada pelo Projeto Memória da ADPF.
Se quiser colaborar com informações e dados, entre em contato pelo adpf.comunicacao@gmail.com .

 

 

 

 

 

 

 

 


Bolivar Steinmetz - De Mar/1985 a Mar/1987


 Bacharel em Direito pelo Centro Universitário de Brasília (antigo Ceub), ingressou na Polícia Federal em novembro de 1961. Em 1976, formou-se como Delegado de Polícia Federal pela Academia Nacional de Polícia (ANP) vindo a exercer suas atividades na antiga Divisão de Polícia Marítima, Aérea e de Fronteiras (DPMAF) por onde aposentou-se em 1984. Após isso, assumiu como diretor na Divisão de Estrangeiros do Ministério da Justiça por um ano e seis meses. Steinmetz também exerceu funções como agente auxiliar, chefe da Polícia Federal de investigação, chefe da Polícia Marítima e, por último, subdelegado. Ingressou na ADPF em 2 de dezembro de 1976, sendo então nomeado como um dos sócio-fundadores da Entidade. Como presidente da ADPF, atuou de março de 1985 a março de 1987.

 


Jaime Braun - De Mar/1983 a Mar/1985


 Jaime Braun é bacharel em Direito pelo Centro Universitário de Brasília (antigo Ceub) e ingressou na Polícia Federal, em 1961, após realizar uma prova para patrulheiros do Distrito Federal e, assim, passou a integrar a antiga Guarda Especial de Brasília (GEB) como escrivão. Em 1974, tornou-se Delegado de Polícia Federal. Foi professor de Polícia Judiciária na Academia Nacional de Polícia (ANP) em 1982 e exerceu cargos como chefe da Polícia de Investigação e Cartório em João Pessoa/PB (1972), coordenador regional administrativo em Manaus/AM (1973), coordenador regional judiciário em Vitória/ES (1974), chefe da Delegacia de Polícia Fazendária no Espírito Santo/ES (1976), superintendente regional do DPF em Belém/PA (1979), coordenador judiciário em Salvador/BA (1980), chefe do Serviço de Legislação de Pessoal e diretor da Divisão de Pessoal do DPF, cargo em que se aposentou em 1984, em Brasília. Participou da criação do Departamento Federal de Segurança Pública (Polícia Federal) e da criação do Plano de Carreira Policial Federal, depois aprimorado (1983/1985). Atuou como presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) de março de 1983 a março de 1985.

 


Luis Clovis Anconi - De Fev/1981 a Mar/1983


 Luis Clovis Anconi é bacharel em Direito pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Ingressou na Polícia Federal em 1961 como escrivão. De 1964 a 1967, trabalhou no Departamento Federal de Segurança Pública (DFSP). Em 1969, realizou o curso de progressão para o cargo de inspetor, que apenas em 1977 passou a ser chamado de Delegado de Polícia Federal. Além disso, já atuou como diretor da Divisão de Polícia Marítima, Aérea e de Fronteiras (DPMAF), onde aposentou-se em 1984. Anconi ingressou na ADPF em 2 de novembro de 1976 e é nomeado um dos sócio-fundadores da entidade. Como presidente da ADPF, atuou de fevereiro de 1981 a março de 1983.

 


Jones Gomes Fontenelle - De Fev/1979 a Mar/1981


 Bacharel em Direito, formado pela Faculdade de Direito da Universidade do Rio de Janeiro, o delegado federal Jones Gomes Fontenelle iniciou sua atividade profissional na Polícia Federal em 1961. Exerceu cargos como chefe do Serviço de Diligências Especiais; chefe do Serviço Disciplinar; chefe do Serviço de Operações da Divisão de Operações; chefe do Serviço de Informações da Divisão de Operações; chefe da INTERPOL (organização internacional de polícia criminal); delegado-chefe da Delegacia de Ordem Social da Divisão de Ordem Política e Social; delegado-chefe da Delegacia de Ordem Política da Divisão de Ordem Política e Social; diretor da Divisão de Ordem Política e Social; diretor da Divisão de Repressão a Tóxicos e Entorpecentes; diretor da Divisão de Polícia Fazendária; diretor da Divisão de Correições; diretor da Polícia Federal de Investigações; superintendente Regional do DPF no Distrito Federal; e superintendente Regional do DPF no Estado de Alagoas. Também foi professor na Academia Nacional de Polícia (ANP). Atuou como presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) de fevereiro de 1979 a março de 1981.

 


Paulo Watanabe - De Out/1977 a Fev/1979


 Em breve este conteúdo será disponibilizado.
História sendo resgatada pelo Projeto Memória da ADPF.
Se quiser colaborar com informações e dados, entre em contato pelo adpf.comunicacao@gmail.com .

 

 

 

 

 

 

 

 


Anselmo Jarbas - De Set/1976 a Out/1977


 Primeiro presidente da ADPF, faleceu antes de concluir seu mandato, vindo, posteriormente, a tornar-se patrono da Entidade. Ele ficou na presidência da Entidade de setembro de 1976 a outubro de 1977.

 


Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal
SHIS QI 07 conj. 06 casa 02 - Lago Sul
Brasília/DF - CEP 71.615-260
Central de Atendimentos: 0800.940.7069